Sonho e existência

Disponibilidade: Em estoque

R$72,00
Sonho e existência

Detalhes

Título Sonho e existência
Subtítulo Escritos sobre Fenomenologia e Psicanálise
Autor Ludwig Binswanger
Título original Vortraege und Aufsaetze
Tradutor Marco Antônio Casanova
Edição 1ª edição
Ano de edição 2013
Coleção/Série Psicologia em Foco
Editora Via Verita
Assunto Psicanálise; Psicologia Existencial
Origem Nacional
Idioma Português
ISBN 9788564565128
Encadernação Brochura
Formato 14x21cm
Peso 400g
Páginas 299 págs.
Sobre o livro O final do século XIX e início do século XX foi um tempo marcado por uma riqueza enorme em termos tanto de possibilidades de pensamento quanto de rearticulações dos modos de consideração dos fenômenos existenciais como um todo. Diante da pressão representada pela autonomização das ciências naturais em relação à filosofia e da presença cada vez mais imponente do paradigma metodológico dessas ciências nos contextos de determinação e tratamento dos problemas ligados ao existir, várias vozes se levantaram e apresentaram vias alternativas a uma tal pressão e presença. Duas dessas vozes estão aqui contidas de maneira expressiva nos textos reunidos em Sonho e existência: a psicanálise e a fenomenologia. Por mais que a psicanálise de Freud tenha buscado por um lado conciliar as descobertas da estrutura psíquica, do inconsciente e da vida pulsional com o modelo das ciências naturais, há algo na psicanálise que necessariamente transborda tal modelo, deixando de algum modo a expectativa de Freud no âmbito de um mero anseio. Por outro lado, a fenomenologia acabou se revelando como uma fonte decisiva para a transformação radical da própria forma de consideração da essência do existir. Uma vez que a fenomenologia acentua o caráter real de todas as vivências da consciência, ela suprime por completo a possibilidade de classificar os transtornos existenciais por meio de noções como as de disfunção ou perda de normalidade. Não há, em verdade, como pensar fenomenologicamente algo assim como a normalidade. E é justamente na medida em que o texto de Ludwig Binswanger, psiquiatra suíço do início do século XX, reúne na construção de seu projeto de uma reflexão não psiquiátrica, antropológica, psicanálise e fenomenologia, que ele nos abre pontes para além de nossas posições medianas. O texto de Binswanger lança uma rajada de ar fresco no quarto fechado e bolorento também de nosso tempo, um tempo que, exatamente como o início do século XX, se mostra uma vez dominado pelo paradigma das ciências naturais e que tende a tratar os transtornos existenciais apenas como desequilíbrios de composições químico-físicas. A partir de uma reflexão sobre o ser do homem estruturada em sintonia com a noção heideggeriana de ser-aí, Binswanger nos mostra como é possível ainda hoje uma psicologia fenomenológico-existencial que sabe respeitar suas fraternidades seletivas. Por isto, seu texto tem um lugar privilegiado na coleção “Psicologia em foco”.
Citação "Na antropologia contemporânea, o caminho de Binswanger nos parece seguir a via real. Ele considera transversalmente o problema da ontologia e da antropologia, seguindo diretamente para a existência concreta, ao seu desenvolvimento e aos seus conteúdos históricos. Daí, e por meio de uma análise das estruturas da existência, ele realiza sem cessar um movimento de vai e vem, das formas antropológicas para as condições ontológicas da existência." Michael Foucault

Tags do Produto

Compartilhe
Indique este produto