O SINTOMA E SUAS FACES

Disponibilidade: Esgotado

O SINTOMA E SUAS FACES

Detalhes

O termo sintoma situa-nos de imediato no campo da clínica. Porém, defini-lo como conceito psicanalítico implica articulá-lo com outras figuras teóricas com as quais se relaciona e que também o delimitam. O sintoma ocupa um lugar central no corpo conceitual psicanalítico e em suas diversas formulações psicopatológicas, assumindo um caráter bastante diferente daquele que possui no discurso médico, a saber, o de evidência empírica. Assim, enquanto a psiquiatria o enclausura dentro de uma nomenclatura, a psicanálise o interroga, dá-lhe voz.Neste livro, buscou-se uma aproximação da variedade e da diversidade do sintoma, examinando-o tanto em sua definição inicial, produzida sob medida para o fenômeno neurótico, como nas múltiplas faces que ele comporta no amplo espectro da clínica e da psicopatologia, seja no plano individual, seja no coletivo e institucional.

Tags do Produto